R.B. 10/AGO/09 ''Arbitrários arquivamentos''

--------------------------------------------------------------------------------
R.B.

"Arbitrários arquivamentos"

São Paulo, 10 de agosto de 2009 (SEGUNDA-FEIRA).
--------------------------------------------------------------------------------
Mercados:

HOJE
- A BOVESPA deve voltar a subir, mesmo após 6 altas nos últimos 7 pregões, novamente seguindo a melhora dos ''humores'', interno e externo, ainda ''estimulados'' pelos sinais de recuperação das economias dos principais países do mundo.
- O DÓLAR pode seguir em queda, começando a ''ameaçar o suporte'' dos R$ 1,80. acompanhando os mesmos motivos que devem levar a provável valorização da Bovespa e cada dia mais influenciado pelo crescente fluxo positivo de recursos externos.

SEXTA-FEIRA
- BOVESPA 1,0%, abriu em alta, para, seguindo os dados positivos de emprego nos EUA, na parte da manha já atingir a máxima ao avançar 1,6% e, manteve a trajetória positiva ao longo de todo pregão, sustentada pelas boas perspectivas para a economia interna, para fechar aos 56.320pts, com bom volume de negócios para uma sexta-feira(R$ 4,9bi).
- DÓLAR -0,8% à R$ 1,82, já abriu em queda e, mais uma vez ignorando os leilões de compra do BC, manteve a trajetória negativa ao longo de todo pregão, seguindo o ''bom humor'' dos investidores no Brasil e no mundo.
- Na ÁSIA, JAPÃO 0,2%, na nova máxima do ano, com ganho acumulado de quase 18% em 2009, com uma liquidez ''excessiva" e impulsionada pela ações das montadoras, CHINA -2,9%, a terceira queda consecutiva, ainda na ''contra mão'' das bolsas locais, diante dos ''temores'' de um aperto na política monetária e CORÉIA 0,7%, no maior pontuação desde 12/AG)/08, liderada pelas ações financeiras e tecnológicas.
- Na EUROPA, seguindo a abertura positiva das bolsas de NY, INGLATERRA 0,9%, FRANÇA 1,2% e ALEMANHA 1,7%, com destaques de alta para as ações de grandes empresas do setor financeiro, como JPMorgan (3,6%), BNP (3,1%), Axa (1,6%) e Allianz (0,9%).
- Nos EUA, nos maiores patamares em 10 meses, S&P 1,3%, DJ 1,2% e NASDAQ 1,4%, ''animadas'' logo pela manhã pela anuncio de que o país eliminou ''apenas'' -247 mil empregos em JUL/09, menos do que a previsão média de (-320 mil) dos analistas. e posteriormente por bons números corporativos, como o da AIG, que escapou da falência com ajuda do governo e já reportou o primeiro lucro em 7 trimestres.
--------------------------------------------------------------------------------
Economia:

''Esquecendo-se'' que o Brasil, ao menos oficialmente, não política de controle do câmbio, Luiz Gonzaga Belluzzo, que chegou a ser cotado para presidir o BC em 2008, que, apesar de fazer um trabalho "elogiável" diante da crise financeira internacional, a autoridade econômica brasileira "pisou na bola" ao deixar a moeda norte-americana cair fortemente neste ano. dificultando a competição dos produtos manufaturados brasileiros no mercado internacional.

Mostrando otimismo com a economia brasileira, Dilma, repetindo o ''mantra'' de Lula, afirmou que o Brasil foi um dos últimos países a entrar na crise e que, com certeza, será um dos primeiros a sair, ressaltando o ''compromisso'' do governo Lula de não estimular o pânico e também lembrando que, no início da crise, o Brasil contava com US$ 207bi em reservas acumuladas e que, hoje, apresenta cerca de U$ 210bi.

Corroborando com o sentimento de que ''o pior já passou'', o índice de confiança da indústria de SP, o maior Estado do Brasil, apresentou forte alta entre ABR/09 e JUL/09, passando de 41,7pts e 57,4pts, ressaltando-se acima de 50 indica otimismo.

Dando mais um ''sólido sinal'' de controle da inflação, no Brasil, o IPCA de JUL/09 ficou em ''apenas'' 0,24%, acumulado com isto 4,5% nos últimos de 12 meses (de JUN/08 até JUL/09), centro da meta do BC e patamar este que pela primeira vez ficar acima das ''apostas do mercado'', que será divulgada esta manhã, para o acumulado em 2009 (de JAN/09 até DEZ/09).

Ajudando no controle da inflação e somando mais um argumento para aqueles que defendem novos cortes na Selic, nos últimos 2 meses o preço do diesel caiu -5,5% para o consumidor.

Confirmando sua solidez, com ''folga'' de mais de 10%, cerca de 90% dos 37 maiores bancos brasileiros passaram em um "teste de estresse" realizado pela Moody's, sendo que 100% tem folga de ao menos 8% no resultado da relação entre o capital da instituição e o volume de empréstimos concedidos.
--------------------------------------------------------------------------------
Política:

Para entrar com recurso contra os ''arbitrários arquivamentos'' no conselho de ética dos processos abertos contra Sarney só são necessários 5 votos, e a oposição os tem, porem para aprovar o recurso são necessários 8 votos, e aí que Sarney fica ''nas mãos do PT, que é o ''fiel desta balança'' e que pode ter uma ''boa chance'' de, dando uma ''satisfação aos seus eleitores'', se distanciar do PMDB e se aproximar do PSDB, o que aliás seria excelente para o Brasil.

Cada vez mais parecido com um ''tucano'', Lula, em cima ''do poleiro'', oficialmente para manter canais abertos com todos os lados, da Unasul (União das Nações Sul Americanas), decidiu antecipar o retorno a Brasília, ''fugindo'' de conversas bilaterais para não se meter nas ''pendengas'' entre Equador e Venezuela ''contra'' a Colômbia, que autorizou a instalação de outra base militar dos EUA na América do Sul.
--------------------------------------------------------------------------------
Crítica:

Dando uma ''ótima idéia'', que obviamente não será colocada em pratica devido a falta de vergonha na cara dos nossos ''nobres parlamentares'', Cezar Britto, presidente do Conselho Federal da OAB. defendeu a renúncia coletiva de todos os senadores, alegando que foi instalado um “estado de calamidade institucional” na Casa e acusando as principais lideranças dos principais partidos de quebra de decoro parlamentar, pelas acusações multas, que seguem sem respostas, e também por ''bate-bocas'' dos ''caciques'', como Renan, do PMDB, Tasso, PSDB e até de Collor, do PTB.
--------------------------------------------------------------------------------
PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho
--------------------------------------------------------------------------------
O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br
--------------------------------------------------------------------------------

Nenhum comentário:

Postar um comentário