R.B. 23/JUL/09 "Credibilidade e força"

--------------------------------------------------------------------------------
R.B.

"Credibilidade e força"

São Paulo, 23 de julho de 2009 (QUINTA-FEIRA).
--------------------------------------------------------------------------------
Mercados:

HOJE
- A BOVESPA deve subir, retomando sua trajetória após o ''ajuste técnico'' de ontem, ainda com ''boas chances'' de fechar a semana acima dos 54.000pts, seguindo o bom desempenho das demais bolsas mundiais e ''animada'' com o corte de -0,5% na Selic.
- O DÓLAR pode voltar a cair, com ''boas chances'' de fechar abaixo dos R$ 1,90, já que, mesmo com a redução da Selic para 8,75%, a taxa real de juros da economia brasileira (cerca de 4,4%) continua atraindo ''investidores'' já que ainda é a quinta maior do mundo.

ONTEM
- BOVESPA -0,3%, abriu ''de lado'', para na máxima avançar 0,8%, porem, com bom volume de negócios (R$ 5,1bi), passou a cair na parte da tarde, acompanhando a instabilidade das bolsas de NY para ''saudavelmente'' realizar lucros após 5 pregões consecutivos de alta, também influenciada pelo recuo das commodities no mercado internacional.
- DÓLAR -0,2% à R$ 1,90, abriu em alta, para na máxima avançar 0,2%, porem, mesmo com os leilões de compra do BC, passou a cair na parte da tarde, seguindo o fluxo positivo de recursos externos.
- Na ÁSIA, seguindo o bom desempenho das bolsas de NY no dia anterior, JAPÃO 0,7%, com ''discreto'' volume de negócios e destaque de alta para as ações da Toshiba (5,1%), influenciada positivamente pela divulgação do balanço da Apple, CHINA 2,6%, no maior patamar em 13 meses, diante das crescentes esperanças de que o governo local manterá sua moderada política monetária e CORÉIA 0,3%, com destaque positivo para a siderúrgica Posco (2,6%), após anunciar que reiniciou suas operações em um alto-forno na usina de Gwangyang, a fim de obter uma produção maior do que a estimada anteriormente para este ano.
- Na EUROPA, após uma sessão volátil, INGLATERRA 0,3%, FRANÇA 0,1% e ALEMANHA 0,5%, influenciadas pela divulgação de balanços mistos e por um potencial movimento de consolidação diante dos ganhos acumulados recentemente.
- Nos EUA, sem uma tendência única, S&P %-0,1, DJ -0,4% e NASDAQ 0,5%, já que o mercado optou por uma ''pausa técnica'' após várias sessões em alta e ficou ''dividido'' entre os resultados não tão bons dos bancos Morgan Stanley e Wells Fargo e surpreendente lucro recorde da gigante da informática Apple.
--------------------------------------------------------------------------------
Economia:

Confirmando as ''apostas do mercado'', o Copom, convencido de que a inflação está controlada e com o objetivo de incentivar os investimentos no setor produtivo da economia, anunciou ontem a quinta redução consecutiva na taxa básica de juros, desta vez de -0,5%, para 8,75% ao ano, o menor patamar da história.

Retorna, com cada dia mais força, a tese do descolamento das economias emergentes da atual crise financeira global, principalmente devido a 3 fatores, (1) demanda doméstica robusta, sustentada pelo aumento nos ganhos de produtividade, (2) necessidade de investimentos em infraestrutura, diante da ascensão social das parcelas menos abastadas da sociedade e (3) política monetária eficiente, que melhorou os mercados de crédito e o estímulo às exportações.

Com cada dia mais ''credibilidade e força'' no mercado internacional, o Brasil, segundo um prestigiado relatório chamado ''Perspectivas de Investimento Mundial'', superou a Rússia e já está em 4º lugar na preferência dos executivos de empresas estrangeiras como destino de investimentos diretos até 2011.

Batendo dois novo recordes históricos, que confirmam a solidez e blindam ainda mais a economia brasileira, na ultima terça-feira, dia 21/JUL/09 (1) a desvalorização da taxa média do dólar frente ao real no acumulado do ano era de -18,5%, a maior já registrada para o período na história do Brasil, e (2) as reservas internacionais do país atingiram US$ 210bi, mantendo o Brasil como um país credor em moeda estrangeira, com uma "folga" de quase US$ 30bi.

- A Ambev caiu -3,3%, após ser multado pelo Cade em R$ 352,6 milhões por concorrência desleal no mercado de cerveja ao exigir exclusividade a seus produtos em pontos de venda.
- A Net caiu 4,6%, mesmo após anunciar que seu lucro cresceu 361% no segundo trimestre deste ano, na comparação com o mesmo período de 2008.
--------------------------------------------------------------------------------
Política:

Ressaltando que ''o Senado está se desmanchando", o senado pedetista Cristovam Buarque, no primeiro mandato de Lula foi ministro da Educação, voltou a insistir na renúncia de Sarney à presidência da Casa e alertou que é um equívoco o Senado sair de férias no momento em que ''pega fogo''.

Repetindo um expediente usado por Lula, e também por 90% dos políticos brasileiros, ontem Serra entregou, com festa, 448 apartamentos em 4 conjuntos habitacionais de Guaianazes, extremo leste da Capital paulista, porem, segundo relatos dos moradores locais, o conjunto de prédios visitado e entregue pelo governador de SP ainda não tem água e energia elétrica.

Usando verba publica para fazer campanha política, ontem Lula, durante o lançamento do plano safra da agricultura familiar 2009/2010, recomendou, ao lado de Dilma, que a população brasileira, nas eleições do próximo ano, eleja quem tem compromisso com o país.
--------------------------------------------------------------------------------
Crítica:

Fruto do aquecimento global, que é causado principalmente pelo uso descontrolado de combustíveis fósseis, uma quantidade incalculável de águas-vivas gigantes (com quase 2 metros e mais de 200 quilos), vindas do Mar Amarelo, na China, devem chegar nos próximos meses ao Mar do Japão, levando a uma redução de até -80% no volume de pesca e causando prejuízos que podem passar dos US$ 320 milhões.
--------------------------------------------------------------------------------
PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho
--------------------------------------------------------------------------------
O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br
--------------------------------------------------------------------------------

Nenhum comentário:

Postar um comentário